Location-Tracking Firm Helping Trump Get Reelected Now Wants to Cash in on Coronavirus

A smartphone tracking firm helping Donald Trump clinch his 2020 presidential reelection recently told investors it’s identified a promising new profit opportunity: the global coronavirus pandemic. Phunware is part of a vast galaxy of obscure advertising technology companies that help clients follow and target their customers — to “capitalize on users’ daily digital trail,” as … Continue reading “Location-Tracking Firm Helping Trump Get Reelected Now Wants to Cash in on Coronavirus”

Watch: Are We Vesting Too Much Power in Governments and Corporations in the Name of COVID-19? With Edward Snowden.

The second episode of our new video program, SYSTEM UPDATE, is now available on YouTube. It explores several of the under-discussed components of the coronavirus pandemic and our responses to it, including: Are we vesting too much power in the hands of governments and corporations? Are we allowing our fears to drive our deliberations and choices … Continue reading “Watch: Are We Vesting Too Much Power in Governments and Corporations in the Name of COVID-19? With Edward Snowden.”

The Impact of COVID-19 on the Body Politic

As the international community is consumed by the impact of Covid-19, there are signs of the impact of the pandemic on the body politic.  There is change throughout the international community, particularly the decline of the influence and power of the United States; the fragmentation of the European Community; the weakening of the transatlantic system; … Continue reading “The Impact of COVID-19 on the Body Politic”

Internal revolt threatens Akinwunmi Adesina’s second term bid as AFDB president

London, April 8, 2020 (AltAfrica)-The second term ambition of the president of the African Development Bank, Akinwumi Adesina, has ran into trouble after been accused by bank staff of multiple abuses and breaches of the bank’s code of ethics, charges he flatly denied. A group of anonymous “concerned staff members of the AfDB” wrote to … Continue reading “Internal revolt threatens Akinwunmi Adesina’s second term bid as AFDB president”

What The President Said (About The Plague)

Photograph by Nathaniel St. Clair Rather than place Trump’s statements in strict chronological order, I have sometimes put 2 or more of statements from different days together, to highlight Trump’s contradictions and subsequent deviations– these are prefaced by an asterisk. I have retained Trump’s numerous linguistic infelicities. It should be noted that Trump sometimes refers … Continue reading “What The President Said (About The Plague)”

The Chaotic Government Response to COVID-19 Resembles the Failures of 1914

Image Source: Georges Scott – L’Illustration & RMN – Public Domain Government leaders everywhere are calling for their people to wage war against the coronavirus outbreak, recalling past victories in an effort to boost public morale. In Britain, politicians cite the Second World War as a suitable example of determined and successful resistance to a … Continue reading “The Chaotic Government Response to COVID-19 Resembles the Failures of 1914”

The Coronavirus Pandemic Has Opened the Curtains on the World’s Next Economic Model

Photograph by Nathaniel St. Clair When the wealthiest country in the world is unable to produce basic medical gear to cope with a rampaging pandemic, it is dealing with a strategic vulnerability by depending on multinational supply chains to produce manufactured goods. Absent sufficient redundancies and physical reserves of resources, “just-in-time” lean supply systems can’t … Continue reading “The Coronavirus Pandemic Has Opened the Curtains on the World’s Next Economic Model”

Chloroquine : l’infectiologue Didier Raoult en roue libre ?

Source : Check News, Cédric Mathiot, Pauline Moullot, Fabien Leboucq, 23-03-2020 Convaincu de détenir le remède miracle, le médecin marseillais a annoncé lundi qu’il traiterait tous ses patients atteints du Covid-19 avec l’hydroxychloroquine. Un empressement qui tranche avec la prudence des autorités sanitaires françaises. Dimanche soir, le directeur général de la Santé, Jérôme Salomon, a … Continue reading “Chloroquine : l’infectiologue Didier Raoult en roue libre ?”

Coronavirus Is Exposing How Foreign Crusades Bled America’s Domestic Resources Dry

Members of the Rhode Island Army National Guard prepare to process patients at the sample collection site at the Community College of Rhode Island’s Knight Campus in Warwick, R.I., on April 1, 2020. Photo: Craig F. Walker/The Boston Globe via Getty Images The coronavirus pandemic now ravaging the United States should lead every American to … Continue reading “Coronavirus Is Exposing How Foreign Crusades Bled America’s Domestic Resources Dry”

South Africa launches mobile App to track people infected with coronavirus

London, April 4, 2020 (AltAfrica)-South Africa’s Telkom, Samsung and the government have teamed up to develop a track and trace mobile app database to identify the whereabouts of people who may have contracted coronavirus. The virus has infected 1,462 people in the country and killed five. South Africa launches mobile App to track people infected … Continue reading “South Africa launches mobile App to track people infected with coronavirus”

Slumlord Capitalism v. Global Pandemic

Photograph Source: Will Buckner – CC BY 2.0 The poet Langston Hughes once wrote, “I wish the rent was heaven sent.” With 10 million Americans filing for unemployment benefits in the midst of the coronavirus pandemic, Hughes’ words resonate now more than ever. As we hurtle toward a public health and economic catastrophe, we must … Continue reading “Slumlord Capitalism v. Global Pandemic”

Roaming Charges: Strange Things Happening Every Day

CLR James: “When history is written as it ought to be written, it is the moderation and long patience of the masses at which men will wonder, not their ferocity.” + Is it possible for an entire country to win a Darwin Award? + At the onset of a pandemic outbreak of a virus that … Continue reading “Roaming Charges: Strange Things Happening Every Day”

Se divertir contre – Scandales de l’industrie et pollutions (I)

En ces temps de pandémie, on est sommé.es de nous divertir pour passer le temps (et faire passer la pillule), et les listes des choses que l’on devrait faire sont innombrables. Et si l’on faisait des listes qui permettent de nous “divertir contre” ? Première partie de l’épisode I des scandales de l’industrie et de … Continue reading “Se divertir contre – Scandales de l’industrie et pollutions (I)”

Debate: How Beijing is trying to save face in the global fight against Covid-19

The global coronavirus crisis started in November 2019 in the Chinese city of Wuhan and quickly spread throughout China, Asia, Europe and the world. While the pandemic is continuing to gain ground and take lives, Chinese authorities are working to rewrite the history of the virus, grooming the elements of language and positioning themselves in … Continue reading “Debate: How Beijing is trying to save face in the global fight against Covid-19”

Privacy Experts Say Responsible Coronavirus Surveillance Is Possible

In less than a decade, whistleblowers like the NSA’s Edward Snowden and Cambridge Analytica’s Christopher Wylie helped spur a global sea change in the public’s attitude toward privacy and global data dragnets. We may now be in the midst of another seismic moment in the history of digital privacy: Mass surveillance methods could save lives … Continue reading “Privacy Experts Say Responsible Coronavirus Surveillance Is Possible”

Coronavirus Started in China, but Europe Became the Hub for Its Global Spread

When the coronavirus began to spread, Mongolia took sensible precautions. It halted border crossings from China, with which it shares a 2,877-mile border. Mongolia also imposed travel bans on people from South Korea and Japan, the other epicenters of the pandemic at the time. Yet the virus nonetheless found its way to Mongolia, where the first … Continue reading “Coronavirus Started in China, but Europe Became the Hub for Its Global Spread”

Appeal for Humanitarian Diplomacy in the Korean Peninsula

External threats such as pandemics remind all of us the need for global solidarity. The more we cooperate, coordinate, and share information and resources the safer we all are. In times of international health emergencies, adversaries should put down their sabers and be willing to find ways to work together. As we put aside hostilities … Continue reading “Appeal for Humanitarian Diplomacy in the Korean Peninsula”

Key Medical Supplies Were Shipped From U.S. Manufacturers to Foreign Buyers, Records Show

While much of the world swiftly moved to lock down crucial medical supplies used to treat the coronavirus, the U.S. dithered, maintaining business as normal and allowing large shipments of American-made respirators and ventilators to be sold to foreign buyers. The foreign shipments, detailed in dozens of government records, show exports to other hot spots … Continue reading “Key Medical Supplies Were Shipped From U.S. Manufacturers to Foreign Buyers, Records Show”

Former WHO Director: 8-Week Suppression Strategy Could Stop US COVID Crisis in Its Tracks

“We know we can get this under control,” says Dr Anthony Costello, a former Director at the World Health Organization (WHO) where he headed up maternal, child and adolescent health. “The problem is that Europe has been too slow to act compared with Asia; and America is now facing a huge crisis.” Costello, who is … Continue reading “Former WHO Director: 8-Week Suppression Strategy Could Stop US COVID Crisis in Its Tracks”

Dear Alt-Media, Please Come Back to the Light Side. Here Are Some Resources That May Help You

Not naming any names, but one of the most disappointing aspects of the controlavirus hype has been the way huge parts of the alt-media have drifted to the dark side, either boosting the hysteria and joining in the calls for lockdowns, or just bowing before it and giving comfort to some aspects of the fear … Continue reading “Dear Alt-Media, Please Come Back to the Light Side. Here Are Some Resources That May Help You”

Um virologista italiano de alto nível, Giuseppe Remuzzi, publicou uma colecção de artigos no Lancet e outros textos nos quais afirma factos até agora desconhecidos. (1) O médico afirmou que os médicos italianos se recordam agora, de ter visto: “Uma pneumonia muito estranha e muito grave, principalmente em idosos, em Dezembro e até em Novembro [de 2019]. O que sugere que o vírus estava a circular, pelo menos, na Lombardia e antes de termos conhecimento deste surto estar a ocorrer na China. ”(2) As autoridades médicas chinesas determinaram o mesmo fenómeno, posteriormente, que o vírus estava a circular entre a população talvez, durante dois meses, antes de, finalmente, explodir em campo aberto. Mais ainda, de acordo com o Serviço Nacional de Saúde de Itália (ISS): “Não é possível reconstruir a cadeia de transmissão da infecção de todos os pacientes. A maioria dos casos relatados em Itália, refere uma ligação epidemiológica com outros casos diagnosticados na Lombardia, Emilia Romagna e Veneto, as áreas mais afectadas pela epidemia. ” [tradução de italiano] (3) A declaração acima é de importância crucial, visto que apoia a afirmação de vários agrupamentos de infecção simultâneos e vários ‘pacientes zero’. Existem casos na Lombardia, que não puderam ser colocados numa cadeia de infecção e o mesmo também deve ser verdade para outras áreas. (ver abaixo) Dado que o vírus eclodiu separadamente em várias regiões de Itália, podemos esperar a identificação de grupos infecciosos independentes também nessas regiões. O que significaria que a Itália foi atingida por, pelo menos, várias ‘sementeiras’ individuais do vírus. O surto de consequência na China, ocorreu principalmente na cidade de Wuhan, mas com várias fontes na cidade e vários pacientes zero, com um surto menor em Guangdong que foi contido facilmente. A China teve vários grupos em Wuhan. Não houve uma fonte de origem única e nenhum paciente zero foi identificado, o que é semelhante ao sucedido em Itália. O mistério do “paciente No. 4”, de Itália O surto italiano foi causado por infecções vindas da China? Sim e não. Antes de 20 de Fevereiro de 2020, havia apenas três casos de infecção por coronavírus, em Itália, dois turistas de Wuhan, China, confirmados em 30 de Janeiro, e um italiano que regressou a Roma, de Wuhan, em 6 de Fevereiro. Estes casos foram, claramente, importados, não havendo em Itália, novas infecções, durante as próximas duas semanas. Então, de repente, surgiram novas infecções não relacionadas com a China. Em 19 de Fevereiro, a Região de Saúde da Lombardia emitiu uma declaração de que um italiano de 38 anos, foi diagnosticado com o novo coronavírus, tornando-se o quarto caso confirmado em Itália. O homem nunca tinha viajado para a China e não teve contacto com os pacientes chineses confirmados. Imediatamente após o diagnóstico deste paciente, a Itália sofreu um grande surto. Num dia, o número de casos confirmados aumentou para 20 e, após pouco mais de três semanas, a Itália tinha 17.660 casos confirmados. Os italianos apressaram-se a procurar o paciente zero. Eles renomearam o “paciente 4” como sendo o paciente “Italiano nº 1” e tentaram perceber como foi infectado. Aparentemente, a pesquisa foi infrutífera, o artigo afirmava que “a pandemia americana do século, tornou-se objecto de suspeita dos italianos”. (4) O mistério do “Paciente nº 31” da Coreia do Sul A experiência da Coreia do Sul foi estranhamente semelhante à da Itália e também à da China. O país havia experimentou 30 casos importados, que começaram em 20 de Janeiro, creio que todos estavam ligados ao contacto com Hubei e/ou Wuhan. Mas a Coreia do Sul descobriu uma “Paciente nº 31”, uma mulher sul-coreana de 61 anos, diagnosticada com o novo coronavírus em 18 de Fevereiro. Essa paciente ‘local’ não teve ligações com a China, não teve contacto com nenhum chinês, nem contacto com nenhum dos sul-coreanos infectados. A sua infecção foi uma fonte sul-coreana. Assim como em Itália, o surto na Coreia do Sul explodiu rapidamente, depois da descoberta do Paciente 31. No dia seguinte, 19 de Fevereiro (em Itália foi em 21 de Fevereiro, para comparação), houve 58 casos confirmados na Coreia do Sul, atingindo 1.000 em menos de uma semana. Depois de pouco mais de três semanas, a Coreia do Sul teve 8.086 casos confirmados. Agora, parece provável (ainda não confirmado) que a Coreia do Sul e a Itália possam ter sido ‘semeadas’, aproximadamente, ao mesmo tempo. Como os italianos, a Coreia do Sul efecuou uma caçada enorme em busca da fonte de infecção do seu “coreano nº 1”, vasculhando o país em busca de provas, mas sem sucesso. Descobriram que os casos confirmados na Coreia do Sul estavam concentrados principalmente em dois grupos separados, em Daegu e Gyeongsang North Road, a maioria dos quais – mas não todos – poderia estar relacionada à “Paciente 31”. Como aconteceu em Itália, vários aglomerados e várias infecções simultâneas espalham-se como fogo – e sem a ajuda de um mercado de marisco que vende morcegos e pangolins. Em Itália e na Coreia do Sul, eu também poderia acrescentar que não existe um suposto “laboratório de armas biológicas” em parte nenhuma (como foi atribuído à China), mas não seria rigoroso. De facto, existem laboratórios de armas biológicas facilmente ao alcance das áreas atingidas em Itália e na Coreia do Sul – mas pertencem às Forças Armadas dos EUA. A Coreia é particularmente notável a este respeito, porque ficou provado que o MERS resultou de uma fuga na base militar americana de Osan. https://www.airforcemag.com/usaf-bases-in-europe-south-korea-respond-to-spreading-coronavirus/ A narrativa ocidental oficial do surto do surto do MERS na Coreia do Sul foi que um empresário coreano foi infectado no Médio Oriente e depois regressou a sua casa, na província de Gyeonggi e espalhou a infecção. Mas nunca houve nenhuma documentação ou prova a apoiar esta afirmação e, pelo que sei, nunca foi verificada pelo governo sul-coreano. Relacionado com este relato é que, de acordo com o Korean Yonhap News Service, no início do surto, cerca de 100 militares sul-coreanos foram repentinamente colocados em quarentena na Base Aérea de Osan da USAF. A base de Osan acomoda o programa biológico militar JUPITR ATD, que está intimamente relacionado ao laboratório de Fort Detrick, MD, sendo ambos, laboratórios de pesquisa de armas biológicas militares dos EUA. Há também um Instituto Internacional de Vacinas (muito secreto), patrocinado pela OMS nas proximidades, que é (ou, pelo menos, foi) gerido pelo pessoal militar de armas biológicas dos EUA. Na época, e dada a quarentena mencionada acima, a sequência dos acontecimentos, aceite como sendo a mais provável, foi a da fuga de um projecto de guerra biológica da JUPITR. (5) (6) O trajecto coreano é semelhante ao de Itália. Se olharmos para um mapa das áreas de Itália atingidas pelo vírus, há uma base militar dos EUA a quase um passo de todas elas. É claro que esse é apenas um caso de circunstância que levanta suspeitas e de modo algum constitui prova de absolutamente nada. No entanto, há um ponto importante que não pode ser esquecido, a saber, o fato de erupções simultâneas de um novo vírus em três países diferentes e, nos três casos, nenhuma epidemiologia clara e uma incapacidade de identificar a fonte original ou o paciente zero. Vários especialistas em armas biológicas concordam por unanimidade que as erupções na população humana de um agente patogénico novo e fora do comum, simultaneamente, em vários locais, sem uma ideia clara da origem e dos casos sem ligações comprovadas, são provas prima facie (à primeira vista) de um agente patogénico libertado deliberadamente, já que os surtos naturais quase sempre podem ser resolvidos a um local e a um paciente zero. A possibilidade de uma fuga deliberada é tão forte em Itália e na Coreia do Sul, como na China, com as três nações a partilhar, aparentemente, as mesmas suspeitas. * “Larry Romanoff, consultor de administração e empresário aposentado. Ocupou cargos executivos especializados em empresas de consultoria internacionais e possuía uma empresa internacional de importação e exportação. Professor Visitante da Universidade Fudan de Shangai, apresenta estudos de casos em assuntos internacionais a executivos especializados. Romanoff reside em Shangai e, actualmente, está a escrever uma série de dez livros, de um modo geral, relacionados com a China e com o Ocidente. Pode ser contactado através do email: 2186604556@qq.com”. Notas (A) Isto é um comentário, mas a Itália experimentou uma taxa de mortalidade quase dupla da de Wuhan, mas pode haver um factor de contribuição externo. Observou-se que, na maioria dos casos, especialmente entre os idosos de Itália, o ibuprofeno era amplamente utilizado como analgésico. O Lancet publicou um artigo demonstrando que o uso do ibuprofeno pode facilitar, acentuadamente, a capacidade do vírus infectar e, portanto, aumentar o risco de infecção grave e fatal.(YY) https://www.thelancet.com/journals/lanres/article/PIIS2213-2600(20)30116-8/fulltext “A idade média dos que morreram em Itália, era de 81 anos e mais de dois terços desses pacientes tinham. . . condições de saúde colaterais, mas também vale a pena notar que eles tinham a síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA) causada pela. . . pneumonia por SARS-CoV-2, precisavam de suporte respiratório e “caso contrário, não teriam morrido.” https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(20)30627-9/fulltext?dgcid=raven_jbs_etoc_email#seccestitle10 (1) https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(20)30627-9/fulltext?dgcid=raven_jbs_etoc_email#seccestitle10 (2) https://www.npr.org/2020/03/19/817974987/every-single-individual-must-stay-home-italy-s-coronavirus-deaths-pass-china-s (3) https://www.iss.it/web/guest/primo-piano/-/asset_publisher/o4oGR9qmvUz9/content/id/5293226 (4) http://dy.163.com/v2/article/detail/F7N756430514G9GF.html (5) https://www.21cir.com/2015/06/south-korea-mers-emerged-out-of-the-pentagons-biowarfare-labs-2/ (6) https://www.businessinsider.com/almost-200-north-korean-soldiers-died-coronavirus-2020-3 A Fonte original deste artigo é Global Research Copyright © Larry Romanoff, Global Research, 2020 Tradutora: Maria Luísa de Vasconcellos

Um virologista italiano de alto nível, Giuseppe Remuzzi, publicou uma colecção de artigos no Lancet e outros textos nos quais afirma factos até agora desconhecidos. (1) O médico afirmou que os médicos italianos se recordam agora, de ter visto: “Uma … The post Um virologista italiano de alto nível, Giuseppe Remuzzi, publicou uma colecção de artigos no Lancet e … Continue reading “Um virologista italiano de alto nível, Giuseppe Remuzzi, publicou uma colecção de artigos no Lancet e outros textos nos quais afirma factos até agora desconhecidos. (1) O médico afirmou que os médicos italianos se recordam agora, de ter visto: “Uma pneumonia muito estranha e muito grave, principalmente em idosos, em Dezembro e até em Novembro [de 2019]. O que sugere que o vírus estava a circular, pelo menos, na Lombardia e antes de termos conhecimento deste surto estar a ocorrer na China. ”(2) As autoridades médicas chinesas determinaram o mesmo fenómeno, posteriormente, que o vírus estava a circular entre a população talvez, durante dois meses, antes de, finalmente, explodir em campo aberto. Mais ainda, de acordo com o Serviço Nacional de Saúde de Itália (ISS): “Não é possível reconstruir a cadeia de transmissão da infecção de todos os pacientes. A maioria dos casos relatados em Itália, refere uma ligação epidemiológica com outros casos diagnosticados na Lombardia, Emilia Romagna e Veneto, as áreas mais afectadas pela epidemia. ” [tradução de italiano] (3) A declaração acima é de importância crucial, visto que apoia a afirmação de vários agrupamentos de infecção simultâneos e vários ‘pacientes zero’. Existem casos na Lombardia, que não puderam ser colocados numa cadeia de infecção e o mesmo também deve ser verdade para outras áreas. (ver abaixo) Dado que o vírus eclodiu separadamente em várias regiões de Itália, podemos esperar a identificação de grupos infecciosos independentes também nessas regiões. O que significaria que a Itália foi atingida por, pelo menos, várias ‘sementeiras’ individuais do vírus. O surto de consequência na China, ocorreu principalmente na cidade de Wuhan, mas com várias fontes na cidade e vários pacientes zero, com um surto menor em Guangdong que foi contido facilmente. A China teve vários grupos em Wuhan. Não houve uma fonte de origem única e nenhum paciente zero foi identificado, o que é semelhante ao sucedido em Itália. O mistério do “paciente No. 4”, de Itália O surto italiano foi causado por infecções vindas da China? Sim e não. Antes de 20 de Fevereiro de 2020, havia apenas três casos de infecção por coronavírus, em Itália, dois turistas de Wuhan, China, confirmados em 30 de Janeiro, e um italiano que regressou a Roma, de Wuhan, em 6 de Fevereiro. Estes casos foram, claramente, importados, não havendo em Itália, novas infecções, durante as próximas duas semanas. Então, de repente, surgiram novas infecções não relacionadas com a China. Em 19 de Fevereiro, a Região de Saúde da Lombardia emitiu uma declaração de que um italiano de 38 anos, foi diagnosticado com o novo coronavírus, tornando-se o quarto caso confirmado em Itália. O homem nunca tinha viajado para a China e não teve contacto com os pacientes chineses confirmados. Imediatamente após o diagnóstico deste paciente, a Itália sofreu um grande surto. Num dia, o número de casos confirmados aumentou para 20 e, após pouco mais de três semanas, a Itália tinha 17.660 casos confirmados. Os italianos apressaram-se a procurar o paciente zero. Eles renomearam o “paciente 4” como sendo o paciente “Italiano nº 1” e tentaram perceber como foi infectado. Aparentemente, a pesquisa foi infrutífera, o artigo afirmava que “a pandemia americana do século, tornou-se objecto de suspeita dos italianos”. (4) O mistério do “Paciente nº 31” da Coreia do Sul A experiência da Coreia do Sul foi estranhamente semelhante à da Itália e também à da China. O país havia experimentou 30 casos importados, que começaram em 20 de Janeiro, creio que todos estavam ligados ao contacto com Hubei e/ou Wuhan. Mas a Coreia do Sul descobriu uma “Paciente nº 31”, uma mulher sul-coreana de 61 anos, diagnosticada com o novo coronavírus em 18 de Fevereiro. Essa paciente ‘local’ não teve ligações com a China, não teve contacto com nenhum chinês, nem contacto com nenhum dos sul-coreanos infectados. A sua infecção foi uma fonte sul-coreana. Assim como em Itália, o surto na Coreia do Sul explodiu rapidamente, depois da descoberta do Paciente 31. No dia seguinte, 19 de Fevereiro (em Itália foi em 21 de Fevereiro, para comparação), houve 58 casos confirmados na Coreia do Sul, atingindo 1.000 em menos de uma semana. Depois de pouco mais de três semanas, a Coreia do Sul teve 8.086 casos confirmados. Agora, parece provável (ainda não confirmado) que a Coreia do Sul e a Itália possam ter sido ‘semeadas’, aproximadamente, ao mesmo tempo. Como os italianos, a Coreia do Sul efecuou uma caçada enorme em busca da fonte de infecção do seu “coreano nº 1”, vasculhando o país em busca de provas, mas sem sucesso. Descobriram que os casos confirmados na Coreia do Sul estavam concentrados principalmente em dois grupos separados, em Daegu e Gyeongsang North Road, a maioria dos quais – mas não todos – poderia estar relacionada à “Paciente 31”. Como aconteceu em Itália, vários aglomerados e várias infecções simultâneas espalham-se como fogo – e sem a ajuda de um mercado de marisco que vende morcegos e pangolins. Em Itália e na Coreia do Sul, eu também poderia acrescentar que não existe um suposto “laboratório de armas biológicas” em parte nenhuma (como foi atribuído à China), mas não seria rigoroso. De facto, existem laboratórios de armas biológicas facilmente ao alcance das áreas atingidas em Itália e na Coreia do Sul – mas pertencem às Forças Armadas dos EUA. A Coreia é particularmente notável a este respeito, porque ficou provado que o MERS resultou de uma fuga na base militar americana de Osan. https://www.airforcemag.com/usaf-bases-in-europe-south-korea-respond-to-spreading-coronavirus/ A narrativa ocidental oficial do surto do surto do MERS na Coreia do Sul foi que um empresário coreano foi infectado no Médio Oriente e depois regressou a sua casa, na província de Gyeonggi e espalhou a infecção. Mas nunca houve nenhuma documentação ou prova a apoiar esta afirmação e, pelo que sei, nunca foi verificada pelo governo sul-coreano. Relacionado com este relato é que, de acordo com o Korean Yonhap News Service, no início do surto, cerca de 100 militares sul-coreanos foram repentinamente colocados em quarentena na Base Aérea de Osan da USAF. A base de Osan acomoda o programa biológico militar JUPITR ATD, que está intimamente relacionado ao laboratório de Fort Detrick, MD, sendo ambos, laboratórios de pesquisa de armas biológicas militares dos EUA. Há também um Instituto Internacional de Vacinas (muito secreto), patrocinado pela OMS nas proximidades, que é (ou, pelo menos, foi) gerido pelo pessoal militar de armas biológicas dos EUA. Na época, e dada a quarentena mencionada acima, a sequência dos acontecimentos, aceite como sendo a mais provável, foi a da fuga de um projecto de guerra biológica da JUPITR. (5) (6) O trajecto coreano é semelhante ao de Itália. Se olharmos para um mapa das áreas de Itália atingidas pelo vírus, há uma base militar dos EUA a quase um passo de todas elas. É claro que esse é apenas um caso de circunstância que levanta suspeitas e de modo algum constitui prova de absolutamente nada. No entanto, há um ponto importante que não pode ser esquecido, a saber, o fato de erupções simultâneas de um novo vírus em três países diferentes e, nos três casos, nenhuma epidemiologia clara e uma incapacidade de identificar a fonte original ou o paciente zero. Vários especialistas em armas biológicas concordam por unanimidade que as erupções na população humana de um agente patogénico novo e fora do comum, simultaneamente, em vários locais, sem uma ideia clara da origem e dos casos sem ligações comprovadas, são provas prima facie (à primeira vista) de um agente patogénico libertado deliberadamente, já que os surtos naturais quase sempre podem ser resolvidos a um local e a um paciente zero. A possibilidade de uma fuga deliberada é tão forte em Itália e na Coreia do Sul, como na China, com as três nações a partilhar, aparentemente, as mesmas suspeitas. * “Larry Romanoff, consultor de administração e empresário aposentado. Ocupou cargos executivos especializados em empresas de consultoria internacionais e possuía uma empresa internacional de importação e exportação. Professor Visitante da Universidade Fudan de Shangai, apresenta estudos de casos em assuntos internacionais a executivos especializados. Romanoff reside em Shangai e, actualmente, está a escrever uma série de dez livros, de um modo geral, relacionados com a China e com o Ocidente. Pode ser contactado através do email: 2186604556@qq.com”. Notas (A) Isto é um comentário, mas a Itália experimentou uma taxa de mortalidade quase dupla da de Wuhan, mas pode haver um factor de contribuição externo. Observou-se que, na maioria dos casos, especialmente entre os idosos de Itália, o ibuprofeno era amplamente utilizado como analgésico. O Lancet publicou um artigo demonstrando que o uso do ibuprofeno pode facilitar, acentuadamente, a capacidade do vírus infectar e, portanto, aumentar o risco de infecção grave e fatal.(YY) https://www.thelancet.com/journals/lanres/article/PIIS2213-2600(20)30116-8/fulltext “A idade média dos que morreram em Itália, era de 81 anos e mais de dois terços desses pacientes tinham. . . condições de saúde colaterais, mas também vale a pena notar que eles tinham a síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA) causada pela. . . pneumonia por SARS-CoV-2, precisavam de suporte respiratório e “caso contrário, não teriam morrido.” https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(20)30627-9/fulltext?dgcid=raven_jbs_etoc_email#seccestitle10 (1) https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(20)30627-9/fulltext?dgcid=raven_jbs_etoc_email#seccestitle10 (2) https://www.npr.org/2020/03/19/817974987/every-single-individual-must-stay-home-italy-s-coronavirus-deaths-pass-china-s (3) https://www.iss.it/web/guest/primo-piano/-/asset_publisher/o4oGR9qmvUz9/content/id/5293226 (4) http://dy.163.com/v2/article/detail/F7N756430514G9GF.html (5) https://www.21cir.com/2015/06/south-korea-mers-emerged-out-of-the-pentagons-biowarfare-labs-2/ (6) https://www.businessinsider.com/almost-200-north-korean-soldiers-died-coronavirus-2020-3 A Fonte original deste artigo é Global Research Copyright © Larry Romanoff, Global Research, 2020 Tradutora: Maria Luísa de Vasconcellos”

Asia-Pacific Economies Hit Hard By Coronavirus Pandemic

Mar 31, 2020 Picture:  The World Bank’s East Asia and Pacific Economic Update, April 2020, illustrates the damage down by the coronavirus on Southeast Asia’s economies Asia-Pacific’s emerging economies are facing a sharp slowdown in growth this year and regional GDP could even contract if the impact of the coronavirus outbreak is prolonged, the World … Continue reading “Asia-Pacific Economies Hit Hard By Coronavirus Pandemic”

The Korean Model of the Anti-COVID-19 War: How Successful Is It? Why Is It Successful?

South Korea has accomplished a remarkable success in its fight against fearful virus COVID-19 and it is now the object of global curiosity, envy and even admiration. More than 100 countries faced with rapid waves of virus attack are seeking … The post The Korean Model of the Anti-COVID-19 War: How Successful Is It? Why … Continue reading “The Korean Model of the Anti-COVID-19 War: How Successful Is It? Why Is It Successful?”

KLM considering testing more passengers’ temperature

KLM is looking into ways to expand measuring the temperature of travelers flying with the Dutch airline during the coronavirus crisis. These health checks are currently performed on flights to Canada, Seoul, and Singapore at the request of these locations, a spokesperson for the company said to NU.nl. CNV is calling on employers to do … Continue reading “KLM considering testing more passengers’ temperature”

Mind Virus Media Is Pretending Low-Fatality Germany With Best Data in Europe Is the Outlier When It’s Clearly Italy

The mind virus media acting like Germany’s 0.9% crude fatality is some big “mystery” an exception to the rule that needs special explanation: Vox: The mystery of Germany’s low coronavirus death rate The Times: Why Germany Has a Low Coronavirus Death Rate The New York Times: Germany Has Relatively Few Deaths From Coronavirus. Why? The Spectator: Why … Continue reading “Mind Virus Media Is Pretending Low-Fatality Germany With Best Data in Europe Is the Outlier When It’s Clearly Italy”

Hortiflorexpo IPM Shanghai 2021 will start booking in late March

Mar 30, 2020 Picture:  SHANGHAI, March 30, 2020 — At the beginning of 2020, the outbreak of Coronavirus Disease 2019 has caught people off guard and disrupted everyone’s life. Under this sudden difficulty, flower industry also suffers a serious loss among all industries. However, people don’t finch but start mutual self-help actions to find ways … Continue reading “Hortiflorexpo IPM Shanghai 2021 will start booking in late March”

How My Dad Predicted the Decline of America

Photograph by Joshua Frank My dad was born in 1917. Somehow, he survived the Spanish Flu pandemic of 1918-1919, but an outbreak of whooping cough in 1923 claimed his baby sister, Clementina. One of my dad’s first memories was seeing his sister’s tiny white casket. Another sister was permanently marked by scarlet fever. In 1923, … Continue reading “How My Dad Predicted the Decline of America”

The New World of Coronavirus

The tragedy of September 11, 2001, and the coronavirus pandemic have one thing in common: both caused a seismic change in the world. And that change, in general, is for the worse. The present pandemic has, and will have, negative effects on how people work, live, and use their free time. This huge public health … Continue reading “The New World of Coronavirus”

A Fantastic Recap of Everything That Is Wrong With the Official Hysterical Corona Spin by One Hell of a Scientist

Highlights: “We risk being convinced that we have averted something that was never really going to be as severe as we feared.” “If we tracked flu or other seasonal viruses in the same way, we would also see an exponential increase.” “We have yet to see any statistical evidence for excess deaths, in any part … Continue reading “A Fantastic Recap of Everything That Is Wrong With the Official Hysterical Corona Spin by One Hell of a Scientist”

Krach test Corona

À quel moment sait-on que l’on vit dans un monde dirigé par d’immondes raclures? C’est quand, au onzième jour de confinement, Astrid t’appelle à l’heure de la sieste pour te proposer posément de discuter de la meilleure manière de faire des économies sur ta putain de facture d’électricité. Dead calm L’absence (remarquable) du harcèlement téléphonique … Continue reading “Krach test Corona”

CG Oncology Announces License and Commercialization Agreement with Kissei Pharmaceutical Co., Ltd. for CG0070 in Japan and Other Asian Countries

Mar 27, 2020 – Kissei Gains Regional License to CG0070 for Japan, South Korea, Taiwan and Other Asian Countries With the Exception of China – – Deal Valued at Up to $140 Million Plus Royalties, Including a $10 Million Licensing Fee and $30 Million Equity Investment – IRVINE, Calif. — CG Oncology, Inc. has announced … Continue reading “CG Oncology Announces License and Commercialization Agreement with Kissei Pharmaceutical Co., Ltd. for CG0070 in Japan and Other Asian Countries”

Corruption report ranks Taiwan 5th best in Asia-Pacific

Taiwan was ranked as the fifth least corrupt economy in the Asia-Pacific region in the latest Corruption Perception Index report released March 24 by Hong Kong-based Political and Economic Risk Consultancy Ltd.   The country’s score of 5.15 in the annual survey, improved from last year’s 5.37, saw it finish behind Singapore, Australia, Japan and … Continue reading “Corruption report ranks Taiwan 5th best in Asia-Pacific”

Pune Firm Innovates Low-Cost Kit That Detects COVID-19 in Less Than Half The Time

On the evening of 25 March 2020, Mylab Discovery Solutions Private Limited, a Pune-based molecular diagnostics startup, announced that it is ready to supply its first batch of Made in India COVID-19 testing kits to government hospitals and private labs. In the first batch, the Pune startup will supply testing kits to conduct 15,000 tests. … Continue reading “Pune Firm Innovates Low-Cost Kit That Detects COVID-19 in Less Than Half The Time”

Trump’s Deadly Mistake in Comparing Coronavirus to Flu

The president of the United States compared the coronavirus to the flu this week, and the new virus that has already stricken more than 55,000 people and killed more than 800 across the country came out looking relatively innocuous. “We have a lot of people dying from the flu, as you know,” Donald Trump told reporters … Continue reading “Trump’s Deadly Mistake in Comparing Coronavirus to Flu”

Le coronavirus se cache à la vue de tous

Source : The New York Times, Benedict Carey, 16-03-2020 Pour chaque cas connu de coronavirus, cinq à dix autres cas ne sont pas détectés, selon une nouvelle étude. Un soignant de Séoul attendant au « drive-in » d’un un centre de dépistage du coronavirus en début du mois. Ed Jones/Agence France-Presse – Getty Images Les … Continue reading “Le coronavirus se cache à la vue de tous”

Are We Our Brothers’ and Sisters’ Keepers?

We in the West have been caught unaware and unprepared for a disaster in the making. Think The Poseidon Adventure, Towering Inferno, and Jaws all rolled into one, despite the obvious warnings about coronavirus from Hubei Province, China, since the start of 2020. The next few weeks, months, even years will show how Christian and enlightened our civilisation is. … Continue reading “Are We Our Brothers’ and Sisters’ Keepers?”

Coronavirus weekly: as the virus spreads, economies grind to a halt

Health care systems around the world are ramping up their response to the spread of COVID-19, like this hospital in Washington state. AP Photo/Ted S. WarrenEven as China, South Korea and Singapore make progress controlling the new coronavirus, its spread raises alarm in many more parts of the globe as the pathogen’s toll on human … Continue reading “Coronavirus weekly: as the virus spreads, economies grind to a halt”

Samsung Introduces Industry’s First All-in-One Power ICs Optimized for Wireless Earbuds

Mar 24, 2020 The new PMICs integrate multiple discrete components in one chip to make room for longer battery life and more efficient designs in today’s True Wireless Stereo devices SEOUL, South Korea — Samsung Electronics Co., Ltd., a world leader in advanced semiconductor technology, today announced the industry’s first all-in-one power management integrated circuits … Continue reading “Samsung Introduces Industry’s First All-in-One Power ICs Optimized for Wireless Earbuds”

Elliptic Labs Launches a New Design Win for Xiaomi Redmi K30 Pro Smartphone

Mar 24, 2020 OSLO, Norway — In the race to roll out modern, feature-rich smartphones, China’s giant Xiaomi has once again utilized Virtual Smart Sensors from Elliptic Labs to help Xiaomi deliver innovative smartphones, as seen in its new Redmi K30 Pro smartphone. Elliptic Labs today announced that this new mid-range phone from Xiaomi’s Redmi … Continue reading “Elliptic Labs Launches a New Design Win for Xiaomi Redmi K30 Pro Smartphone”